Reflexões sobre o Aberto

A divisão do trabalho social, a partir do século XX, atingiu um nível de refinamento que praticamente podemos falar de uma “revolução neolítica” no século anterior, o XIX. Neste, ainda se podia ver o tempo da charrua e o tempo da igreja, de Jacques Le Goff; um mundo rural relativamente predominante, quando os mercadores ainda Leia mais sobreReflexões sobre o Aberto[…]